• Este blog nasceu para ser um ponto de encontro com as pessoas que buscam sempre um jeito novo de serem excelentes em todas as faces da vida. “Porque a excelência é sempre o melhor caminho!”

O maior sucesso é ser feliz!

O maior sucesso é ser feliz!
Independente de qualquer coisa, o fato é que pessoas felizes são mais produtivas, mais agradáveis, faltam menos ao trabalho, facilitam o relacionamento, são mais positivas em relação ao futuro, são mais criativas e muito mais comprometidas...

Para muitas pessoas felicidade é apenas um sentimento. Para outras, apenas um estado de espírito. Independente de qualquer coisa, o fato é que pessoas felizes são mais produtivas, mais agradáveis, faltam menos ao trabalho, facilitam o relacionamento, são mais positivas em relação ao futuro, são mais criativas e muito mais comprometidas com os resultados.

Esse aspecto está chamando muito a atenção de especialistas do mundo todo. Já há gente falando sobre um aspecto que pode revolucionar os ambientes de trabalho que se chama “Felicidade Corporativa”. Da mesma maneira que um veneno age em nosso corpo, assim é uma pessoa infeliz, que com sua presença negativamente pesada, motivação claudicante e comprometimento espanado, intoxica aos poucos os ambientes por onde passa.

É interessante o fato de que na universidade de Harvard nos Estados Unidos, um dos cursos mais procurados foi o do professor israelense Tal Ben-Shahar. Ele traz na dinâmica de sua abordagem o contexto da felicidade e os efeitos positivos que ela é capaz de gerar nos ambientes pessoais e corporativos. Detalhes adicionais podem ser lidos no site da Exame.com.

Nas palestras corporativas que faço costumo sempre dizer que “sucesso sem felicidade é tão útil quanto uma piscina vazia numa tarde quente de verão.” Muitas pessoas passam toda uma vida em busca do sucesso, e quando o encontram por vezes há uma sensação de apagão, pois quando chegam ao topo se deparam com um grande vazio cheio de nada.

É por isso que este elemento da felicidade é uma das estruturas fundamentais no trabalho de Coaching que desenvolvo com meus clientes. Pouco adiantaria a definição de metas e planos de ação se os mesmos não forem pautados em um padrão de comportamento totalmente integrado à realidade do ser feliz. Felicidade rima com simplicidade e possibilidade!

O sucesso em si não quer dizer absolutamente nada se não estiver associado profundamente a uma experiência concreta de felicidade. É essa experiência que potencializará nossas ações e seus efeitos em nós e também no meio em que estamos inseridos. Digo sempre que a felicidade é contagiante e as pessoas felizes são os agentes com a missão da transmissão.

Conceitualmente a felicidade é um estado essencial que atingimos quando utilizamos nossos talentos em sua potencialidade máxima. A experiência de felicidade ocorre também quando percebemos que há progresso naquilo que nos propusemos a fazer em prol da conquista de nossos objetivos. Portanto se não há objetivos claros, ou ações concretas, o progresso não é percebido, bloqueando assim o contato com a dimensão que gera em nós a felicidade.

Será que você conhece pessoas que atingiram o ponto mais alto de sucesso em suas áreas de atuação, mas que por conta do grande “nada” vivido em relação à felicidade acabaram despencando deste tão nobre lugar mais alto? Artistas, esportistas, celebridades, empresários, milionários, super executivos... Pessoas de sucesso, sim! Pessoas felizes, quem sabe?

Por mais que tenhamos sucesso, é primordial considerarmos o tamanho de nossa felicidade. A sua felicidade hoje tem tamanho de ervilha, de laranja ou de melancia? Sucesso sem felicidade é perda de tempo! Uma empresa com produtos ou serviços que não geram clientes felizes, e colaboradores felizes é uma perigosa mentira!

Madre Tereza de Calcutá dizia que não devemos permitir que as pessoas saiam de nossa presença sem antes terem se sentido melhores e mais felizes! Então vá e tenha sua felicidade do tamanho de uma melancia, pois sucesso é ser feliz!

Deixe um comentário

Você está comentando como visitante.